sábado, 26 de fevereiro de 2011

Literatura: A REVOLUÇÃO ARTÍSTICA DO INÍCIO DO SÉCULO XX

Texto e intertexto – Tela A jangada da Medusa (Théodore Géricoult) / Tela A jangada da Medusa (Asger Jorn)




1.  A tela de Théodore Géricault (1971-1824) retrata um fato real: “No verão de 1816, uma fragata francesa, Medusa, naufragou na costa da África, quando levava colonos e soldados para Senegal, então colônia francesa. O incompetente capitão era um aristocrata que obtivera sua posição por meio de influências políticas. Quando o navio afundou, ele entrou num dos poucos botes salva-vidas, deixando os passageiros, que considerava seus inferiores sociais, abandonados à própria sorte. Os 149 homens (e uma mulher) construíram uma jangada improvisada e ficaram à deriva no mar por treze dias. Apenas quinze sobreviveram nessas terríveis circunstancias, e relataram-se casos de canibalismo e loucura. Outros cinco morreram após chegarem em terra”.  (CUMMING, Robert. Para entender a arte. São Paulo: Ática, 1996.)
   A tela retrata o momento em que os sobreviventes avistam na linha do horizonte as velas do navio Argus, que iria salvá-los (o Argus é uma pequena mancha situada baixo do cotovelo do homem que agita uma camisa branca).
a.        Apesar de representar um fato real, a pintura de Géricault é romântica, idealizada. Aponte algum aspecto que comprove essa idealização.
b.        Comente um recurso utilizado pelo artista para aumentar a dramaticidade da cena.
c.        Os críticos comentam que Géricault organizou a composição da tela construindo duas pirâmides, que teriam, como ápice; o topo do mastro e a camisa vermelha agitada por um dos personagens. Essa segunda foi batizada de “pirâmide da esperança”. Justifique esse nome.
2. Asger Jorn (1914-1973), dinamarquês, foi um dos fundadores, em 1948, de um grupo radical de arte moderna autodenominado CoBrA (de Copenhague, Bruxelas e Amsterdã). A proposta do grupo, que fundia alguns princípios dos movimentos de vanguarda do início do século, era lutar “num golpe de humor, contra o verbalismo vazio, a hesitação e o centralismo”. Jorn, o principal representante do grupo, recriou algumas obras famosas, como a tela de Géricault.
   Observe atentamente a tela de Jorn e escreva um pequeno texto comentando a recriação feita pelo artista e o tipo de emoção que cada uma provoca.
3. Você acha que a arte deve sempre retratar as coisas belas, o mundo organizado e equilibrado? Por quê?


1. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário